Dicas para visitar os russos

Dicas para visitar os russos

Category : Uncategorized

4536a2a3f30718059b1b5efad9bde3c1Nós russos gostamos muito de receber visitas. Receber pessoas de países distantes como o Brasil sem dúvida é um prazer e uma grande honra: pelo BRICS, por Jorge Amado e pelo Rio de Janeiro que temos como um mito. Como nossas culturas são um pouco diferentes (embora que o Brasil seja uma Rússia tropical), gostaríamos de dar umas dicas de visitas.

1) você tem que trazer um presente simbólico (um brinquedo para criança, flores para a dona da casa, algo para a mesa). É uma prática de reciprocidade: como se você trocasse seu presente pela moradia e atenção… Parece culto de potlatch, mas é porque nós russos somos um pouco indígenas)

2) no século XX a Rússia era um país muito democrático e bastante igualitário no ambiente material, por isso a maioria de nós não tem a prática de contrato de empregados domésticos. Os homens, mulheres, crianças, convidados compartilham os trabalhos de casa. E você, pelo menos, tem que oferecer sua ajuda para lavar os pratos.

Garanto que os russos vão dizer: “Não, não precisa, obrigado! Você é nosso convidado de honra! Tranqüilo”! Mas os anfitriões vão lhe respeitar muito mais só por oferecer sua ajuda.

3) Outra dica é economizar espaço. Os apartamentos na Rússia são pequenos em comparação com as casas de América (pelo fator climático), por isso é melhor organizar suas malas e suas coisas para que a família de seus anfitriões possa continuar sua vida normal.

4) Nós russos somos pontuais. Aliás, consideramos nosso tempo um recurso super importante, pois a expectativa de vida na Rússia é baixa. Se vocês dizem a seus amigos russos que vão voltar a casa às 22.00, mas de fato chegam à 01.00, isto significa a perda de 2-3 horas de sono para seus anfitriões.

5) Se vocês moram em casa de russos mais de 2 dias, é obrigatorio sempre trazer algo para a mesa (algo real e não simbólico), e claro que vocês tem que limpar a banheira depois de usa-la.

P.S.

Se vocês não seguirem estas dicas, não há crise nem problema, mas é melhor respeita-las.

Desrespeito à regra №5 é considerado como um abuso de hospitalidade.


About Author

admin

Soy guía profesional en Moscú. Nací en Siberia, viví en varias ciudades de Rusia, pero la mitad de mi vida estoy conectado con la capital. Viví en Colombia, en el Ecuador, trabajé en Venezuela, conozco la ciudad de México. Fui observador político, intérprete militar y petrolero, trabajé con las misiones humanitarias en un área de conflicto armado. Me encanta la historia y la sociología. Pueden encontrar las referencias de mis turistas en TripAdvisor (Guia de Moscou - Tours, o Vitaly Lezov). Tengo 2 niños, amo a mi mujer, practico el esquí de fondo. Aunque soy depresivo, mis turistas me conocen como a una persona de buen humor y autoironía constante.