Feliz dia da Cosmonáutica!

Feliz dia da Cosmonáutica!

A cosmonáutica, sendo uma sublimação da Guerra Fria (Corrida espacial)*, ao início gerou muito otimismo. Não foi apenas o avanço da Modernidade. Foi um grande desafio da cognição do mundo e da autocognição. Sergei Korolev, Wernher von Braun acreditavam nas civilizações extraterrestres, esperando um “contato”. Desde a Lua, as pragas da humanidade, como racismo, nacionalismo, etc., pareciam ridículas, era evidente a tese da convergência dos elementos socialistas e mercantilistas na Terra. Para? Para conhecer o Universo e se aperfeiçoar! O pensamento até se tornava pós-humanista, já que originalmente o cosmismo russo propus a superar a Morte mesmo, sair dos limites do corpo físico humano.

Hoje, a Estação Espacial Internacional continua sendo um dos símbolos da alta cooperação dos terráqueos. Mas. A quem. Interessa? Parece chato!

O efeito dos primeiros passos, que eram muito grandes, desaparece. A cosmonáutica é privatizada, torna-se mesquinha.

“Basta de dar de comer aos cosmonautas! E eles não são cosmonautas nenhuns: voam a 400 quilômetros, é a atmosfera da Terra!” – reclamam os entusiastas, preocupados com o desperdício de recursos (a cosmonáutica pilotável consome ⅓ parte do orçamento cósmico russo todos os anos, enquanto os japoneses, sem estar na EIE, fazem mais descobrimentos com ajuda de seus robôs ou modelos matemáticos) .

A cosmonáutica “frea” e “patinha” devido ao colapso da URSS, que foi arruinada em parte pela Guerra das Estrelas! À medida da desaceleração da cosmonáutica aumentam o racismo, o nacionalismo e outras pragas da humanidade. Mas a cosmonáutica não para.

E hoje nos lembramos de um dos momentos mais altos da história do planeta Terra: do primeiro voo do ser humano ao cosmos.

Feliz dia da cosmonáutica!

* É muito importante lembrar que o Sputnik em 1957, o voo de Y.Gagarin em 1961, etc. não eram meras prioridades da URSS, mas sua resposta assimétrica ao tremendo poder dos Estados Unidos. EUA depois da 2GM se acharam um líder indiscutível com o maior parque dos aviões no mundo. Se discutia somente a data do bombardeio atômico da URSS, cujo espaço aéreo foi sistematicamente violado até 1960, quando a URSS abateu um Lockheed U2 sobre os Urais – graças aos fogetes de seu programa espacial (!). Vostok – o nome, dado à primeira família de foguetes russos – quer dizer em russo “Oriente”: foi um triunfo do Oriente coletivo (Vostok) contra o Ocidente (seja em forma da Alemanha Nazista ou dos EUA).


About Author

admin

Soy guía profesional en Moscú. Nací en Siberia, viví en varias ciudades de Rusia, pero la mitad de mi vida estoy conectado con la capital. Viví en Colombia, en el Ecuador, trabajé en Venezuela, conozco la ciudad de México. Fui observador político, intérprete militar y petrolero, trabajé con las misiones humanitarias en un área de conflicto armado. Me encanta la historia y la sociología. Pueden encontrar las referencias de mis turistas en TripAdvisor (Guia de Moscou - Tours, o Vitaly Lezov). Tengo 2 niños, amo a mi mujer, practico el esquí de fondo. Aunque soy depresivo, mis turistas me conocen como a una persona de buen humor y autoironía constante.